Conheça a importância do Nobreak no seu escritório

Conheça a importância do Nobreak no seu escritório

0 216
nobreak
nobreak

Com a temporada de chuvas, a importância do Nobreak aumenta

“Estava finalizando uma tese de mestrado quando a energia acabou. Um nobreak teria salvado meu dia”. O drama da revisora Thalita Souza é o de muitos brasileiros nesta época do ano. Com as constantes quedas de energia, o uso deste tipo de equipamento pode ser a solução. “Pode acontecer a qualquer momento, e você perde todo o trabalho”, conta Thalita.

O nobreak se tornou um periférico fundamental em todo escritório. No século XXI, a tecnologia é presente o tempo todo ao nosso redor, se por um lado ela facilita o trabalho e o lazer, oferecendo as mais diversas soluções, ela também nos deixou dependentes. “A ferramenta moderna é o computador, ela é fundamental para todas as profissões”, comenta o advogado Rafael Abreu.

Nesse contexto, o nobreak é tão importante quanto o mouse ou o teclado. Em caso de oscilação ou suspensão do fornecimento de energia, ele funciona como uma fonte alternativa, e dá ao usuário a chance de salvar ou finalizar suas tarefas. “É uma segurança. Dependendo do dia, trabalhamos em mais de um caso ao mesmo tempo, você sabe que de forma alguma o escritório vai parar”, explica Rafael.

“O nobreak funciona ao mesmo tempo como estabilizador, evitando danos aos componentes do computador, e como fonte de energia, pois ele conta com baterias internas, que provém uma reserva em caso de interrupção total do fornecimento”, explica o técnico em informática Naimar da Rosa.

Há vários modelos de nobreak no mercado, com diferentes especificações técnicas e autonomia. “Ao escolher o nobreak ideal, o usuário deve levar em conta o tamanho do escritório, detalhes da rede elétrica, e a sua necessidade de energia. Há opções de equipamentos que oferecem até 15 minutos de autonomia”, explica Naimar. “Independentemente da escolha, o nobreak é um artigo de primeira necessidade”, completa.

O período de novembro a abril, em especial, é muito delicado no Brasil com relação a instabilidade no setor elétrico. “Nossa temporada de chuvas dura metade do ano, todos precisam se proteger, aprendi da pior forma”, diz Thalita. “Com certeza estarei preparada na próxima vez”.

“Hoje, há soluções no mercado para todos os tamanhos de empresa, e um bom planejamento de um escritório também contempla essas possíveis emergências, para que todos possam trabalhar tranquilamente”, dá a dica Naimar.

NO COMMENTS

Leave a Reply